Menu
Comentários

É (ainda) Uma Família Portuguesa

J.F.Vieira Pinto, Vila Nova de Gaia / Portugal 18-03-2019

Denunciar este comentário

É uma premonição subjacente quando visualizamos este “Terra Franca”, a de que Leonor Teles está a registar, provavelmente, os últimos resquícios de uma família “convencional”.
Na família do “Sr Lobo”, vê-se televisão no sofá; assiste-se em “direto” às atuações de Quim Barreiros, bem como se congratulam com os golos de Ronaldo. O telemóvel (ainda) não divide as conversas de família. Discute-se os preparativos do casamento ou a licença de pesca que não foi revogada. Família “sui generis” que em nada representa a generalidade do país, o que torna este “documentário” um caso de estudo. Veremos mais para a frente – mais uma geração -, se estaremos certos ou errados.
Fica-se com a sensação que a família do “Sr Lobo", nasceu para o cinema, tal o “à vontade” com que “representam”. Albertino Lobo, o patriarca, está absolutamente irrepreensível, fruto de uma genial “direção de atores”. Um filme a ver com toda a “franqueza” e sem qualquer desculpa. (***)

Escrever comentário:

Topo
Pesquisar
© 2011 PÚBLICO Comunicação Social SA