Menu
Comentários

Por aqui se vê, que não de seve ver TV

Raul Gomes, Matosinhos 04-10-2021

Denunciar este comentário

A manipulação da informação, nos dias de hoje é transversal a toda a media.
A encenação é constante, criando uma bolha que envolve tudo e todos, criando/alterando/manipulando factos, que deixamos de conseguir distinguir a realidade.
Quando esta, dura e crua, se nos aparece ao virar de uma esquina, sem que a possamos guardar e apresenta-la como é na realidade.
Informação virtual, realidade aumentada ou diminuída conforme os nossos interesses, em de detrimento dos espectadorres/leitores/ouvintes.
A bolha que criam os "fazedores" das noticias, só se pode comparar com os dos políticos (ver cena inicial).
E, é essa discrepância que nos afecta a todos.
Um filme para ver/usar na tradução daquilo que chega até nós nos vários meios de media.
Ver, pensar e agir em conformidade com a nossa percepção/ e leitura.
Um filme inquietante e ao mesmo tempo belo, pela performance de Lêa Seydoux.

Escrever comentário:

Topo
Pesquisar
© 2011 PÚBLICO Comunicação Social SA