Menu
Comentários

Tempo perdido

Maria Moniz, Lisboa, Portugal 06-01-2019

Denunciar este comentário

Como educadoras não nos identificámos com a obsessão desta mulher, mesmo sendo uma realidade diferente da portuguesa, não nos valoriza. Mostra uma educadora que ao fim de 20 anos de serviço (mal retratado) troca a sua família e trabalho pela "proteção" de um aluno. Não nos convenceu.

Escrever comentário:

Topo
Pesquisar
© 2011 PÚBLICO Comunicação Social SA