Menu
Comentários

Entre a Índia e Nova Iorque

Ramiro E. Ferreira, Porto 07-11-2019

Denunciar este comentário

O filme começa com as paisagens em tons de castanho da Índia, onde Isabel gere um orfanato perto de Calcutá.
Entretanto, uma alta executiva de Nova Iorque está disposta a fazer uma doação milionária para a instituição onde Isabel trabalha, mas para isso é necessário que esta viaje até aos EUA. 
A partir daqui, dão-se uma série de desenvolvimentos que irão remexer com o passado da protagonista, colocando em causa tudo o que está a construir na sua vida.
Num drama em que cada cena e cada plano são importantes, confrontamo-nos com o valor da vida e do amor, assim como as opções que se tomam em função dos outros.
As cenas passadas em Nova Iorque são tocantes, assim como o são as condições em que vivem aquelas crianças na Índia.
Um filme que nos faz refletir e olhar um pouco mais para cada um de nós, com interpretações de Michelle Williams e Julianne Moore ao nível (excelente) a que já nos habituaram.

Escrever comentário:

Topo
Pesquisar
© 2011 PÚBLICO Comunicação Social SA