Menu
Ficha de Filme
Ama-San
Ver trailer Galeria de fotos

Sinopse

Em terras japonesas, uma "ama", que significa literalmente "pessoa do mar", é uma mergulhadora que se dedica à recolha de abalones, algas, pérolas e outros tesouros marinhos. Esta prática ancestral leva mulheres de várias idades a mergulhar no mar em apneia, sempre sem ajuda de botijas de oxigénio, conseguindo manter-se com a respiração suspensa até dois a três minutos. Após a submersão, cada uma delas regressa a casa, onde prossegue o seu dia-a-dia, tal como qualquer outra mulher da vila. Apesar de bastante perigosa, esta actividade assegura-lhes a sua subsistência e das suas famílias, dando-lhes alguma independência financeira e tornando-as parte de uma estrutura familiar semimatriarcal, incomum na cultura japonesa de outros tempos.
Este documentário, assinado por Cláudia Varejão ("No Escuro do Cinema Descalço os Sapatos"), acompanha Matsumi, Mayumi e Masumi, três mulheres ama de gerações distintas a viver numa pequena vila piscatória japonesa. Estreado no Festival Visions du Réel (Paris), "Ama-San" ganhou o prémio de Melhor Filme da Competição Portuguesa no Doclisboa 2016. PÚBLICO

Votar

Votos dos leitores

Total de votos (41)

Votos dos críticos

  • Luís Miguel Oliveira
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
Total de votos (1)

Secções

Mesmo Género

Topo
Pesquisar
© 2011 PÚBLICO Comunicação Social SA